Brasileiro Mateus Evangelista ganha prata
13/09/2016 22:45 em Esporte

A final do salto em distância para a classe T37 (atletas com paralisia cerebral) acabou virando um duelo particular entre dois jovens talentos do atletismo: de um lado, o chinês Guangxu Shang, de 21 anos, atual campeão mundial da prova. Do outro, o brasileiro Mateus Evangelista, de 22 anos, em sua primeira Paralímpiada e campeão parapan-americano. Além da medalha de ouro, os dois batalharam, centímetro por centrímetro, por um novo recorde mundial.

Até então dono da melhor marca do mundo, alcançada no Mundial de Doha, no ano passado, Shang mostrou, logo em seu primeiro salto, por que era o nome a ser batido. O chinês saltou para 6m52, cinco centímetros mais longe do índice anotado no Catar. O número não intimidou Mateus, que acertou um salto de 6m53 – o melhor de sua carreira – em sua segunda tentativa, jogando a pressão para o favorito da prova.

“Isso aqui é Paralimpíada. Aqui estão os melhores do mundo e nenhuma prova é fácil. Todos estão melhorando as suas marcas e eu consegui melhorar a minha. Com certeza ele deve ter ficado assustado, mas depois conseguiu manter a tranquilidade para fazer a prova dele. E eu fiz a minha”, diz Mateus, que, depois de chegar a ótimos resultados no atletismo, tiro com arco e futebol de 7, escolheu dedicar-se somente às provas de pista e aos saltos.

FONTE: EBC ( Agência Brasil)

Reportagem: Nathália Mendes

 

COMENTÁRIOS